domingo, 26 de julho de 2020

CAPOEIRA EM ANGRA DOS REIS / RJ - PELO MUNDO COM ALEX SERRA - EP 04 / 01ª T


          Saindo do camping em Ilha Grande fui em direção à estação das barcas, que me lembre são poucas travessias por dia, consegui pegar a primeira que saiu e fui em direção a Angra dos Reis.

          Tinha ouvido muitas noticias sobre a violência na cidade, o que me deixou preocupado.

          Procurando no Booking achei um hostel barato bem no centro, fui me hospedar e logo em seguida almoçar, comprei um marmitex e algumas coisas para fazer a janta.

          Dei uma volta na cidade para conhecer um pouco da sua história e pontos turísticos, aproveitei e comprei um carrinho de mão para ajudar a levar a mochila.


          No inicio da noite fui visitar a academia de Capoeira do meu amigo Mandíbula, participei do treino e da roda.

          Depois da Capoeira voltei para o hostel, lavei minhas roupas e preparei minha janta, peguei meu prato e fui para o ultimo andar aonde fica a varanda com uma bela vista da cidade, foi quando começou a tocar um Forró ao vivo na praça, que sorte, desci e dei uma passada, cheguei com muita sede ao pote com vontade de dançar, mas quebrei a cara, estava rolando um som legal mas geral sentado assistindo, e a maioria das pessoas eram casais e famílias.  Voltei para o hostel e preparei minhas coisas para o dia seguinte, amanhã vou em direção a Resende.


CONTINUA...

sábado, 6 de junho de 2020

CAMPING EM ILHA GRANDE - PELO MUNDO COM ALEX SERRA - EP 03 / 01ª T


Meu dia começou pegando carona com um barco cargueiro aonde ajudei a carregar e descarregar produtos para os comerciantes da ilha, foi um bom exercício.

Com muito peso dos meus equipamentos procurei o camping mais próximo para descansar. Fiquei no Alfa Camping que tem uma estrutura legal e o pessoal também foi super gente boa.

Fiquei três dias na ilha, no primeiro dia dei uma volta em Abrão e peguei uma pequena trilha até o poço e logo em seguida passei por duas praias e voltei para o camping. De noite fui para um Forró Pé de Serra e conheci uma galera legal.

No dia seguinte geral da ilha estava mal devido a chuva forte que teve dias atrás deixando a água da ilha contaminada, eu levantei e fui para o meio do mato procurar ervas para fazer um chá, para quem não me conhece, eu aprendi Ayurveda (Medicina Natural) na Índia, deitei na parte da tarde e de noite já estava bem, aproveitei e fui na roda de Capoeira do amigo Mestre Adriano do Grupo Senzala.

No meu último dia eu fui no mercado me preparar para ir para Angra do Reis e de noite joguei basquete com os moradores da ilha.

  • CONTINUA…

AIRBNB EM CONCEIÇÃO DE JACAREÍ - PELO MUNDO COM ALEX SERRA - EP 02 / 01ª T

Depois da minha aventura acampando em Itacubiritiba, arrumei minhas coisas e fui andando até Conceição de Jacareí.

Chegando na cidade fui em direção a praia para procurar um hostel para me hospedar, levei um susto com os valores, estavam cobrando R$ 200,00 a diária, continuiei caminhando até chegar do outro lado da praia quando cheguei na frente de uma agência de turismo e perguntei para o dono se conhecia algum lugar barato para alugar por um dia, o senhor me levou até a casa do Sr Sergio que ficava numa rua atrás. Fechei 2 diárias de R$ 40,00 e fiquei numa pequena casa de visitantes na sua propriedade, me dei bem porque a casa tinha uma ligação com o mar através de uma escada na parte de trás da casa.

A família do Sr Sergio estava viajando e passei uma parte da tarde conversando com ele, fiz minha janta e fui dormir, no dia seguinte ele me falou que tem um barqueiro que poderia me levar para Ilha Grande.


Então mergulhei e atravessei a baia até o pier nadando até parar do lado do barco de seu amigo, conversei com ele e me falou que poderia me levar de graça sem problema, só que poderia demorar até abastecer seu pequeno barco com produtos para os comercios e moradores da ilha.

Voltei para casa, entreguei às chaves para o Sr Sergio, peguei minha mochila e fui para o barco, quando acabei ajudando a colocar todos os produtos no barco, levamos umas 4 horas nisso.

CONTINUA…



ACAMPAMENTO SELVAGEM EM ITACUBIRITIBA - PELO MUNDO COM ALEX SERRA - EP 01 / 01ª T


Sai do Centro do Rio de Janeiro em direção ao a rodoviária Novo Rio bem cedo com a mochila super pesada.

Chegando em Conceição de Jacareí tive que voltar a pé 5km para poder chegar na vila de pescadores de Itacubiritiba, o que não foi fácil com tanto peso nas costas, tive que parar várias vezes na estrada para descansar.

Depois de horas caminhando cheguei em Itacubiritiba, logo na entrada em uma rua descendo e um bar aonde parei para descansar e pegar informações com a turma que estava lá, em frente ao bar tem tipo um encanamento que vem água da cachoeira aonde você pode tomar banho.

Desci passando por algumas casas até chegar numa bifurcação, um caminho em direção a um riacho e outro a um portão grande trancado, fui em direção ao riacho, depois que você atravessa é só descer seguindo uma trilha larga seguindo o rio, no final do caminho tem uma pequena praia com pequenos galpões aonde os pescadores guardam seus barcos e material de pesca.

O rio fica do lado do mar, o que é bom para tomar banho e pegar água para beber e cozinhar, com pequenas piscinas naturais.

Já tinha vários grupos acampando, eu decidi ficar na parte mais alta na frente da praia e mais isolado.

Montei minha barraca, acendi uma fogueira para cozinhar.

De tarde mudei minha barraca de posição ficando na parte de baixo junto com as outras barracas, do nada se formou uma forte tempestade fazendo o riacho subir muito, fazendo acabar com o acampamento de todos, muitos ficaram ilhados, choveu tanto que a água veio por baixo e virou a minha barraca, juntei todo material e sai com ajuda de um dos pescadores locais, partes da minha barraca ficou no meio da lama. Tivemos que ir para uma parte mais alta em baixo de uma grande lona, era tanta gente que tivemos que ficar em pé, um local disse que tinha outro caminho que poucos conheciam, seguimos com ele atravessando o rio até chegar na estrada, descemos a rua da vila de pescadores até chegar no grande portão daquela bifurcação de quando cheguei, passamos pelo lado do portão e descemos um gramado no meio daquela chuva forte, levei um tombo e quase quebrei a perna esquerda, levantei e nos abrigamos em um casarão no meio da mata de frente para o mar. Já tinha um grupo dentro da casa e pedimos autorização para passar a noite lá, assim que chegamos eles estavam limpando o piso da sala, isso porque a água subiu pelo esgoto e alagou tudo. cada um buscou um canto da sala para dormir, geral quebrado, nem ligamos para o colega que roncava alto, geral apagou.

De manhã o pessoal que estava na casa ia entregar a casa então tivemos que sair, mas já sem chuva. pediu autorização para o dono para limpar minhas coisas na varanda.

Na parte da tarde um local me avisou que meu grupo da Capoeira tinha chegado, fui falar com eles e montei minha barraca com eles numa parte mais alta que não tinha visto antes. Fizemos uma fogueira, churrasco e tudo mais, a garotada mais nova foi para cachoeira, praia com snorkel para mergulhar e os mais velhos cuidando do acampamento.

No dia seguinte a galera da Capoeira foi embora e fiquei mais um dia só que agora sozinho na mata, todos os acampamentos tinham ido embora, aproveitei para procurar as partes da minha barraca que tinha perdido na chuva, dei sorte e achei tudo, aproveitei e dei minha varinha de pesca e meu equipamento para o rapaz local que me ajudou a tirar minhas coisas com presa no dia da chuva forte.

Passei uma noite tranquila, e ainda ganhei o resto da carne de churrasco que sobrou. No dia seguinte arrumei minhas coisas e partir para Conceição de Jacareí.

CONTINUA…

VÍDEO NO MEU CANAL DO YOUTUBE

CAPOEIRA EM ANGRA DOS REIS / RJ - PELO MUNDO COM ALEX SERRA - EP 04 / 01ª T

          Saindo do camping em Ilha Grande fui em direção à estação das barcas, que me lembre são poucas travessias por dia, consegui pegar...